9 de abril de 2012

Stênio Andrade

O melhor livro, a vida

Não adianta tentar querer explicar a vida das pessoas. Nem seus costumes e razões. Aqui, nesta terra de gente diferente, ninguém é, obviamente, igual a ninguém. Alguns comem demais, outro de menos. Alguns são bonitos, outros são feios. Alguns fumam, outros bebem. Alguns comem unha, outros são loucos. Alguns possuem problemas secretos, outros são expostos. De nada adianta tentar entender a vida alheia se, por um momento sequer, você não entende a sua própria.

O problema de crescer e descobrir a vida é: você nunca pode esconder nada. Não há nada do que você faça que alguém não fique sabendo. É sempre assim, para sempre. E tudo o que você faz espelha em quem você é, em quem você vai ser e em como os outros irão te ver. Cada decisão, por mais certa que pareça, pode estar errada. Pode ser vista de forma errada. Pode ser a maior cagada da sua vida.

A vida não é feita para ser escondida. Viver é complicado, mas aprendi, mais do que nunca, que só com a honestidade e com todos os problemas resolvidos é que a gente pode seguir em frente. Sendo sinceros, ninguém nunca terá o porque de duvidar da gente. Sendo sinceros, as pessoas ao nosso redor também serão sinceras. Sendo sinceros, conseguimos criar um mundo de verdade para a nossa vida, que deveria ser totalmente verdadeira.

É assim que eu quero seguir daqui para frente. Com quem for, onde quer que eu esteja, eu quero priorizar a honestidade e me controlar para fazer com que as coisas dêem certo. Posso ter me perdido um tempo, posso ter ficado louco. Mas sou humano. Um dia eu me encontro.

2 Comentários:

  1. Adorei cada palavra deste texto!!!
    Maravilhoso texto....=*

    ResponderExcluir
  2. Brigadão Fabs! ;)
    Que bom que você gostou!! :DDDDDDD

    ResponderExcluir